Gang chileno apanhado em Cascais iludiu policias francesa e italiana com falsas identidades

Por Valdemar Pinheiro / EXCLUSIVOCascais24

02.09.2016
O gang chileno desmantelado esta semana por agentes da Brigada Antirroubo da Esquadra de Investigação Criminal da PSP de Cascais, por suspeita de dezenas de assaltos a moradias, este Verão, no concelho, conforme CASCAIS24 avançou em primeira mão, iludiu as autoridades francesas e italianas com falsas identidades, que permitiram aos seus membros circular livremente pelo espaço Schengen, apurou CASCAIS24.

Na verdade, os membros do gang obtiveram em França - país fortemente assolado por violentos e mortíferos atos terroristas - vistos que lhes permitiram circular como turistas pela Europa. "Incrível, como isto pôde acontecer, quando até à vista desarmada, os documentos de identidade revelam falsificações grosseiras", explicou, a CASCAIS24, uma fonte da Polícia Judiciária (PJ). 


Como podem as autoridades francesas controlar o terrorismo quando não controlam documentos de meros ladrões?
Um outro membro do mesmo gang chileno, detido há tempos em Itália, com falsa identidade, acabou por ser libertado, sem que as autoridades italianas tivessem detetado a falsificação do documento.

Só esta semana, quando o gang foi travado pelos "Furões" da PSP de Cascais é que foram detetadas as falsas identidades.

Neste momento, soube, ainda, CASCAIS24, a polícia portuguesa, com a ajuda da Interpol, procura apurar as verdadeiras identidades dos membros do gang- dois homens e uma mulher, com idades na casa dos 40 anos - junto da Polícia de Investigações do Chile (PDI).

Os três membros do gang, depois de submetidos a primeiro interrogatório no tribunal de Cascais, viram confirmada a prisão preventiva. Os dois homens encontram-se detidos no Estabelecimento Prisional de Caxias e a mulher na cadeia feminina, em Tires, apurou, ainda, CASCAIS24. 

Os dois homens e uma mulher, que as autoridades não excluem integrarem um grupo mais vasto, foram capturados depois de longos dias e noites de discretas, mas apertadas, vigilâncias, às quais não foram alheias patrulhas móveis de todo o dispositivo da Divisão Policial de Cascais.
Foram intercetados, em flagrante, a assaltar uma moradia na Pampilheira, Cascais. 

Os assaltantes introduziam-se nos domicílios, sobretudo moradias ao longo da região litoral, por meio de arrombamento de portas e janelas e na ausência dos respetivos locatários.

Regra geral, furtavam dinheiro, jóias, computadores e plasmas e colocavam-se em fuga num veículo, marca Ford, que os "furões" da PSP tinham referenciado há algum tempo.
 
Enquanto a mulher ficava ao volante do "Ford", os cúmplices praticavam os assaltos.
A Polícia calcula que este grupo chileno tenha furtado largos milhares de euros nesta vaga de assaltos, que começava a assumir proporções de alguma preocupação e a causar algum alarme social no concelho de Cascais e até, em Oeiras.

Já com os membros do gang sob custódia, os "Furões" da PSP de Cascais desenvolveram um conjunto de diligências, que culminaram com buscas aos três quartos que ocupavam numa residencial, em Lisboa.

Nos quartos da residencial os policias confiscaram não só objetos alegadamente provenientes da atividade ilícita, como também dinheiro.
Objetos confiscados pelos "Furões" da PSP de Cascais nos quartos da residencial em Lisboa
Um quarto alegado membro do gang, detido para averiguações, mas libertado posteriormente por ausência de provas, estava hospedado numa outra residencial do centro de Lisboa.

CASCAIS24 apurou, também,  que a investigação dos "Furões" da PSP de Cascais, que culminou no desmantelamento do ativo grupo chileno, foi realizada em estreita articulação com inspetores-adjuntos do Departamento de Investigação da Delegação de Cascais do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Entretanto, a PSP apela a eventuais lesados, que viram as suas casas devassadas este Verão nos concelhos de Cascais e de Oeiras que contatem a Esquadra de Investigação Criminal (EIC) da PSP de Cascais, a fim de procederem ao eventual reconhecimento de objetos furtados.





Comentários

Enviar um comentário

NOTICIAS mais lidas

BARES E DISCOTECAS DE CASCAIS NA MIRA DA OPERAÇÃO "SURTO" DA ASAE

Novos autocarros com videovigilância

Pedófilo que abusaria de criança desde os 13 anos em prisão preventiva

GNR lança campanha para travar acidentes e mortes com motos

COVID19. Laboratórios Quilaban de ex-vereador João Cordeiro oferecem ventiladores ao hospital de Cascais para ajudar a salvar vidas

CAXIAS vai receber 1º Campeonato Nacional de Pesca Desportiva para Surdos

PJ que terá desviado 200 mil euros de cofre milionário de mansão da Quinta da Marinha em silêncio

Tinha em casa soqueira e pistola de alarme