CASCAIS COM ALERTA DE TSUNAMI

Por Cascais24

01.03.2016
A Câmara Municipal de Cascais assinou esta terça-feira um acordo com a Autoridade Nacional de Proteção Civil para a criação de um projeto-piloto para a instalação de um sistema pioneiro de aviso e alerta de tsunami a nível nacional e a dotação de meios humanos e técnicos para informar a população em situações de risco.

Este sistema de aviso e alerta está projetado para ser ligado em rede com outros dispositivos a instalar em alguns locais mais vulneráveis em caso de tsunami ao longo da costa portuguesa, permitindo um alerta a nível nacional a curto-médio prazo.

Apresentado em fase piloto, o sistema cruza os dados das entidades responsáveis - IPMA - Instituto Português do Mar e da Atmosfera, entidade responsável pelo sistema nacional de alerta de tsunamis, e Autoridade Nacional de Proteção Civil, acionando um sinal sonoro de aviso público imediato com alcance de cerca de 1,2 km em linha reta.

O sistema de aviso e alerta permite o envio de um sinal de rádio ou GPRS auxiliar a partir de transmissores terrestres, de forma a avisar a população em caso de risco iminente.

A ativação do sistema ocorrerá apenas com base na informação proveniente do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (entidade responsável pelo sistema nacional de alerta de tsunamis) e da Autoridade Nacional de Proteção Civil que, por sua vez, alerta as populações.

Para além de avisar a população em caso de risco iminente em situações de tsunami, este sistema permite alertar as populações noutras situações de risco, nomeadamente, cheias e inundações, ventos fortes ou outro tipo de riscos naturais ou tecnológicos.

O sistema implementado neste projeto-piloto terá ainda um controlo local para alertar as unidades de resgate envolvidas nas operações de socorro e salvamento, bem como para facilitar a comunicação na área afetada.

Publicar um comentário

0 Comentários