Sabotadores de patrulhas da GNR em Carcavelos podem ter sido filmados

Por Redação CASCAIS

09.10.2016
Três carros- patrulha do Destacamento de Trânsito da GNR, em Carcavelos, ficaram inoperacionais esta sexta-feira, devido a uma alegada sabotagem que está a ser investigada pela Polícia Judiciária Militar (PJM).

A noticia é avançada este domingo pelo "Correio da Manhã", mas, segundo apurou CASCAIS24, a atuação do ou dos sabotadores poderá ter sido captada, pelo menos, por uma câmara de videovigilância da Brisa.

Segundo ainda o CM, os pneus sofreram danos durante a madrugada da passada sexta-feira, havendo a forte possibilidade de alguém ter "invadido" as instalações do Destacamento de Trânsito.

Entretanto, CASCAIS24 soube que os três carro-patrulha sabotados têm por missão o controlo de velocidade nas estradas sob jurisdição do respetivo Destacamento de Trânsito, a funcionar na dependência do Comando Territorial da GNR de Lisboa.

O alerta foi dado na sexta-feira, logo pela manhã, quando os militares detetaram que os quatro pneus de cada um dos três patrulhas estavam esvaziados. Não existiriam outros danos a registar nos veículos.

A área onde os veículos estavam estacionados foi isolada e acionada a Direção de Investigação de Criminal da GNR que, através de um dos Núcleos de Investigação Criminal, recolheu os primeiros vestígios.

No entanto, segundo confirmou a CASCAIS24 o major Marco Cruz, chefe de Relações Públicas da GNR, "a investigação foi entregue à Polícia Judiciária Militar (PJM), que agora procede a averiguações no âmbito do respetivo inquérito".

O mesmo porta-voz oficial da GNR escusou-se a adiantar outros pormenores.








Comentários

Mais procuradas