Detido por violência doméstica na presença dos agentes da PSP

Por Redação CASCAIS24

21.11.2016
Um homem, de 51 anos, detido por suspeita de violência doméstica e de ter insultado, ameaçado e agredido a mulher e uma tia dela mesmo na presença de agentes da PSP, entretanto chamados a intervir, em Carcavelos, viu esta segunda-feira ser-lhe decretada pelo tribunal de Cascais a proibição de contatar ou aproximar-se das vítimas, bem como a marcar urgentemente uma consulta de psiquiatria, correndo o risco, caso não o faça, de vir a ser internado compulsivamente, apurou Cascais24 junto de fonte judicial.

O arguido foi detido no fim-de-semana depois de, mesmo na presença de agentes da PSP de Carcavelos, da Divisão Policial de Cascais, ter reincidido no comportamento agressivo que tivera momentos antes e levado à intervenção policial.

A PSP fora chamada para um alegado caso de violência doméstica, num apartamento, na Rebelva e protagonizado pelo então ainda suspeito contra a mulher, de 53 anos, e a tia dela, de 56 anos, dona da casa.

Já na presença dos policias, o homem voltou alegadamente a praticar os mesmos atos agressivos, acabando por receber voz de detenção.

Entretanto, as duas mulheres chegaram mesmo a ter que ser assistidas na urgência do hospital de Cascais, confirmou outra fonte ao Cascais24.






Enviar um comentário

0 Comentários